[NOTÍCIA] VLI anuncia novo diretor-presidente

Fonte: VLI

Ernesto Pousada será o novo diretor-presidente da VLI a partir de novembro. O executivo irá suceder Marcello Spinelli, que ficou no cargo até maio deste ano. A VLI é uma companhia de soluções logísticas multimodais e integradas, que atua em sinergia com a cadeia de seus clientes.

Paulista, de 52 anos, Ernesto Pousada construiu sua sólida carreira exercendo cargos executivos no Brasil e no exterior, e atualmente ocupa a posição de CEO para a América do Sul na Ingredion. Atuou ainda em grandes empresas como a Dow Chemical e a Suzano Papel e Celulose, onde comandou relevantes projetos para o setor de infraestrutura. O executivo é formado em engenharia mecânica pela Escola de Engenharia Mauá, com especialização em Administração e Negócios pela Fundação Instituto de Administração (FIA).

“É com grande satisfação que assumo esse novo desafio. O Brasil vive um momento positivo em relação à infraestrutura e a VLI, historicamente, é reconhecida pelo engajamento e comprometimento com a transformação logística do País”, afirma Ernesto.

O novo diretor-presidente chega com a missão de dar continuidade ao crescimento da empresa e modernização dos seus ativos e, assim, apoiar a infraestrutura brasileira e gerar valor para a sociedade. O plano de futuro da VLI mantém foco na eficiência do seu sistema integrado, que recebeu, até 2019, um ciclo de investimentos robustos da ordem de R$ 9 bilhões.

Durante o período de transição e até a posse do novo diretor-presidente, a VLI conta interinamente com o comando de Humberto Freitas, considerado um dos principais mentores e responsáveis pela origem e estratégia de negócios da companhia desde a sua fundação.

Sobre a VLI

A VLI possui 7,5 mil empregados, dois portos próprios, oito terminais intermodais, cerca de 8 mil quilômetros de ferrovia e presença em mais de 300 cidades de 10 estados, além do Distrito Federal.

Em 2018, a companhia teve um faturamento aproximado de R$ 5,5 bilhões. Seus principais mercados são o agronegócio, fertilizantes, siderurgia, industrializados, entre outros.

Desde 2014, a VLI possui gestão própria, independente, e é organizada em forma de holding, gerida por um Conselho de Administração, formado por: Vale (37,6%), Brookfield (26.5%), Mitsui (20%) e FI-FGTS (15,9%).

A empresa engloba a VLI Norte (FNS) e a VLI Centro Leste e Sudeste (FCA), além de terminais intermodais, que unem o recebimento da carga, a armazenagem e o transporte ferroviário aos terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES).

Fonte da informação: VLI